Review: Reinado Sombrio – Vingadores Sombrios

reinado sombrioEm Fevereiro de 2009 a Invasão Secreta dos Skrull deu lugar ao Reinado Sombrio de Norman Osborn (antes Duende Verde) e, agora, Chefe da Defesa Nacional por um acaso do destino que acontece no fim da Invasão Secreta.  Com roteiro de Brian Michael Bendis e ilustrações do brasileiro Mike Deodato, o encadernado segue os mesmos padrões de qualidade vistos em Invasão secreta e em todos os encadernados de luxo da editora Panini.

A narrativa é focada em Norman Osborn, que dissolve a S.H.I.E.L.D. e cria a H.A.M.M.E.R. (M.A.R.T.E.L.O na tradução para português) em seu lugar, com novos vingadores para proteger e ajudar os Estados Unidos a se reerguer após a destruição causada pelos Skrulls. Bendis deu a Reinado Sombrio um desenvolvimento incomum, pois todos os conflitos estão relacionados ao Osborn, tanto em sua constante luta contra o Duende Verde, que é totalmente psicológica, como no cenário nacional ou de quem o cerca, caso do Sentinela no qual Osborn projeta todo seu sentimento de mudança. A conclusão da saga acabou sendo prejudicada pela qualidade da narrativa e de desenvolvimento do personagem, pois ela acontece em uma mini saga dentro de Reinado sombrio, O Cerco, que é causada por fatores externos a Osborn e com forte influência do conceito Deus Ex Machina, opondo-se a tudo que foi levantado durante o desenvolvimento.
A arte de Deodato é madura e se opõe aos conceitos já estabelecidos na indústria, o uso das sombras é uma característica que detalha muito e é a responsável pelas expressões faciais casando perfeitamente com a colorização de Rain Beredo e, juntos, dão à saga uma arte realista e incomum.  A diagramação das páginas também é diferente de tudo que se está acostumado, com imagens sobrepostas por quadros, quadros em ângulos fora do convencional e variação no estilo e forma. 
Reinado Sombrio trouxe a inovação de HQs como Homem de Ferro Extremis, Guerra Civil e Dinastia M de volta, sendo diferente de tudo que se foi estabelecido na indústria, com uma narrativa centralizada no protagonista, principalmente no desenvolvimento, e uma abordagem artística diferente em todos os aspectos.

Deixe um comentário, ou trackback para o seu site.

Comenta aí, traça!

Powered by WordPress | Free T-Mobile phones at BestInCellPhones.com. | Thanks to Verizon Wireless, Facebook Games and The diet solution