GavetaGrid – Pede pra sair!

Acabamos de passar para a segunda metade do campeonato de 2011 e a F-1 já tem os primeiros desistentes… É camarada, quando o mar não está pra peixe, o jeito é recolher a rede e torcer pra dias melhores. Mas você sabia que até na categoria de elite do automobilismo mundial a coisa funciona do mesmo jeitinho? Não tem choro nem vela, ou joga todas as fichas na segunda parte da temporada ou pede pra sair!

A criação de um F-1 não é matéria simples. Igualmente complexo é o desenvolvimento de um carro durante o curso da temporada. O que pouca gente sabe é que o desenvolvimento dos componentes aerodinâmicos e mecânicos prova a prova extrai muito mais empenho (e até, talvez, mais investimento financeiro) das equipes. É claro que carros mais “bem nascidos” como Red Bulls, Ferraris e McLarens facilitam o trabalho de seus projetistas, que lidam com bases mais sólidas. O curioso é que se não fosse o constante desenvolvimento de um projeto, as posições de cada piloto em prova se repetiriam, excluído o fator climático e a sorte, é claro. Ainda bem que não é assim.

Como já foi abordado em outro GavetaGrid, o carro nasce e se modifica até a última corrida do ano, sempre estreando novos componentes, que, na maioria das vezes, são redesenhados dos originais para que gerem maior ou menor força aerodinâmica, pesem menos, durem mais… É a busca infindável pela perfeição (que nunca chega, pelo jeito!). Os componentes que foram mais alterados na temporada 2011, até agora, foram o escapamento (localizado nas laterais do motor e sobre a caixa de câmbio), assoalho (placa localizada embaixo do carro), asas dianteira e traseira e o KERS. Normalmente, as modificações mais significativas se dão quando se experimentam intervalos de mais de duas semanas entre duas corridas, possibilitando às fábricas um esforço conjunto (e exclusivo) para a construção das novas peças.

Mas imaginem uma equipe empregar todo esforço e dinheiro e não sair do lugar, ou até mesmo cair na tabela. A Mercedes, por exemplo, conta com profissionais extremamente competentes e pilotos qualificados (sem falar que dinheiro não falta por lá), e não tem jeito de brigar com as três equipes de carros “bem nascidos”, há um verdadeiro abismo no desempenho comparado. Por essa e por outras, o Sr. Ross Brawn (o chefão da Mercedes), já anunciou a desistência do projeto de 2011, ou seja, provavelmente o carro não mais se desenvolverá esse ano e os projetistas já focam no modelo de 2012. Em suma, não agüentou a rebordosa da mídia alemã e pediu penico. Vamos ver no que dá.

Igual situação vive a Williams. Na realidade, situação só parecida, já que na equipe britânica o dinheiro falta aos montes e os pilotos não são lá tão brilhantes assim (Rubinho, desculpas, até gosto bastante de você, mas torcer tá difícil ultimamente). A Williams até esboçou um bom começo de temporada na primeira prova do ano, mas logo se mostrou com o carro mais problemático do pelotão intermediário (segundo os próprios pilotos, falta velocidade, putz!). E olha que muita cabeça já rolou lá dentro, até a do “manda chuva” Sam Michael (como no futebol, aqui rodou logo o diretor técnico). O alento para os torcedores é que no ano que vem a Williams contará com motores Renault (repetindo a parceria vitoriosa dos anos 80 e 90), o que é legal, porque só vai precisar alterar todo o resto agora pra tudo poder ficar no mesmo nível do propulsor.

Lá pra trás no grid, vemos Virgin e Hispania se degladiando pela framboesa de ouro. Dizem as más línguas que os carros lanterninhas correm hoje quase do mesmo jeitinho como foram criados no final do ano passado, sem muitas evoluções ou upgrades. Aqui se completou a lista onde quatro já pediram pra sair. Quem serão os próximos? Eu aposto minhas fichas em Renault Lotus e Toro Rosso, o que vocês acham?

Gostou? Leia também o GavetaGrid 10, sobre a evolução dos carros.

Deixe um comentário, ou trackback para o seu site.

7 Comentários para “GavetaGrid – Pede pra sair!”

  1. seu madruga disse:

    cade a segunda parte do podcast?????????
    abrasssss

  2. seu madruga disse:

    e nao é por nada nao
    mas acho que tu é o unico brasileiro que gosta de formula 1…
    hahaha zuera, eu nao gosto mas sei que muita gente gosta,
    aproveito pra dexá a dica de fazer um gavestatica sobre esportes automobilisticos ou redicais ou sobre a trajetoria do senna nas corridas etc… abras

    • Igor disse:

      E aí!?

      Na realidade a F1 perdeu muitos fãs brasileiros após a morte de Senna, mas acredito estar havendo uma retomada do esporte aqui no Brasil, mesmo com os pilotos brasileiros indo mal. Ultimamente a F1 sofreu várias modificações que estão tornando as corridas mais emocionantes.

      Abraço!

      • seu madruga disse:

        que sao mais emocionantes até são mesmo,
        mas no fim quando alguma equipe sempre ganha
        ou um piloto quase sempre la na primeira dexa o esporte
        um poco chato na minha opniao.
        claro que pela televisao a perspectiva muda muito, um dia se alguem puder ir a pista vai ter outra impressão com certeza…
        legal que na internet as pessoas ja ficam com receio de trolls e ja mandam um Eai!?(qual foi mané?)
        mas de boa… abrass

        • Igor disse:

          E aí? (rsrs…)

          Não sabia que o “e aí?” também tinha essa conotação! KkKkKkKk. Pois é, Seu Madruga, concordo com você! F1 boa é que é decidida na última prova do campeonato, como foi no ano passado… Quem sabe nesse ano tudo muda no final!

          • seu madruga disse:

            RSRSRSRSRS….
            é verdade quando fica pra interlagos é muito bom!
            aliás, esse ano vai ser a ultima aqui ou nao?
            puts e como nao lembrar a ultima curva do timo glock????
            acho que é assim o nome dele, imagina felipe massa campeao???
            e a cara do pai dele, coitado… ueahaeiha
            é por esse quase que o povo nao ve formula 1, fica sempre quase lá, o senna nao queria nem sabê ia pra cima mesmo com 3 marchas, mas dai quere que u massa seja um senna é demais.
            rsrsrs

Comenta aí, traça!

Powered by WordPress | Free T-Mobile phones at BestInCellPhones.com. | Thanks to Verizon Wireless, Facebook Games and The diet solution