Análise: Um Drink no Inferno

Fala galera do mal, esse é pra vocês! Clássico do trash que passava tanto na Bandeirantes: Um Drink no Inferno! Filme feito pela dupla dinâmica Robert Rodriguez e Quentin Tarantino, que misturava elementos policiais com o terror  “sangue de groselha”… Filme odiado por alguns, amado por outros e não entendido por muitos! E aí, quem topa dá uma passada no Titty Twister mais tarde?

Ficha Básica
Direção:
Robert Rodriguez
Ano: 1996
Gênero: Policial / Terror trash
Duração: 108 minutos
Classificação Indicativa: 16 anos

———
– Todas
as cenas do filme são marca registrada de seus proprietários.

Deixe um comentário, ou trackback para o seu site.

3 Comentários para “Análise: Um Drink no Inferno”

  1. Evilzin disse:

    É um dos meus filmes favoritos. Alias, a trilogia inteira. Filme que lançou o Danny Trejo como ator para papeis ‘malvados’, que começou com After Dark de Tito & Tarantula, o Tarantino estrela ao lado do Clooney… Alias, como você jogou Countdown Vampire fly, o personagem principal foi baseado no personagem do Clooney, a tatuagem é igualzinha!

    apesar de ser um filme trash, a historia não é tão podre assim. E tem a Sonia Braga, haha.

    From dusk till dawn é um bom filme, o primeiro é com clooney e salma hayek, o segundo tem Robert Patrick, e o terceiro Sonia Braga!

    ;D

  2. Flyfish disse:

    Sim, Fermento, me lembro de achar o Cowntdown Vampires uma cópia de Drink no Inferno. Até os vampiros também eram parecidos, no modo de andar e tal. A diferença é que era um cassino no lugar de um puteiro. rs
    By the way, o jogo é bem fraquinho… Os efeitos sonoros (e a dublagem) eram horríveis! Hehe

  3. Alexandre disse:

    Adoro este filme…!

Comenta aí, traça!

Powered by WordPress | Free T-Mobile phones at BestInCellPhones.com. | Thanks to Verizon Wireless, Facebook Games and The diet solution