Análise: 500 Dias Com Ela

Sim! Eu que tanto odiava comédias românticas, tive que dá o braço a torcer. Minha primeira análise do gênero para o Gaveteiro! Dá o play aí!

Ficha Básica
Direção:
Marc Webb
Ano: 2009
Gênero: Comédia Romântica
Duração: 95 minutos
Classificação Indicativa: 12 anos

———
– Todas
as cenas do filme são marca registrada de seus proprietários.

Photobucket

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Deixe um comentário, ou trackback para o seu site.

Sem comentários ainda para “Análise: 500 Dias Com Ela”

  1. Manu Agra disse:

    Eu tava querendo assistir esse filme mesmo, mas só ta passando sábado de manhã no cinema ¬¬ afe

    Alguém sabe um link onde eu possa baixar? 😀

  2. Burns disse:

    Tava super afim de ver esse filme, pelo trailer deu pra sentir que foge bastante dos clichês encontrados nos filmes do gênero.

    Vou pesquisar pra ver se ainda ta passando no cinema, mas se nao tiver jeito verei no pc mesmo.

  3. Diego Flyfish disse:

    Não baixem, crianças. Deem seus pulos! Hehehe

    Vendo novamente, achei essa minha análise meio confusa.

  4. madinha disse:

    Nuss…ignore a msg acima….rsrsrsrsrsrsrs…dei enter sem querer…kkkk
    Agora sério… tentei convencer meu marido a ver esse filme comigo, mas assim como você, ele odeia comédias românticas, vou mostrar sua critica para ele pra ver se consigo convence-lo a ver comigo, senão vou ver sozinha no Notebook 🙁
    abraços

    PS: de todas as letras pra enviar por engano eu tinha que clicar no t… e o pior de tudo é clicar no t maiúsculo….rsrsrsrsrsrs

  5. Gabriel Teixeira disse:

    po fly, vc poderia ter descrito um pouco mais dos personagems

  6. Diego Flyfish disse:

    @Mandinha: Tenta convencê-lo! =] … Se ele não quiser, assiste sozinha mesmo. O filme é bem bacana. Ainda conta com algumas referências a cultura pop (Star Wars e Super Máquina, por exemplo).

    @Gabriel: Eu até tinha gravado um pouco mais sobre os personagens, mas ficou meio ruim e acabei deletando. Basicamente, Tom é um cara com um perfil meio nerd (nada exagerado) e Summer uma mulher com uma personalidade forte e que nunca acreditou no amor. Os dois se identificam por terem gostos parecidos.

  7. Fábio Nazaré disse:

    Não achei confusa. Lembro que tentei ver esse filme no cinema ano passado, mas não consegui ingresso.

  8. gabriel teixeira disse:

    pelo q pareceu na analise, o tom é um cara extremamente enjoado( um emo quase), mas tambem tinha cara de nerd.

Comenta aí, traça!

Powered by WordPress | Free T-Mobile phones at BestInCellPhones.com. | Thanks to Verizon Wireless, Facebook Games and The diet solution