Crítica: Velozes e Furiosos 5 – Operação Rio, de Justin Lin

Nunca vi nenhum dos filmes da série Velozes e Furiosos, e também não fui ao cinema assistir Velozes e Furiosos 5 – Operação Rio (Fast Five/EUA/2011) esperando grande coisa. Não exigia nada além de algumas boas cenas de ação, algumas garotas bonitas e ver uma ou outra paisagem da cidade maravilhosa na telona. Isso é o básico para que o pipocão não nos deixe insatisfeitos, e apesar de alguns defeitos sérios, a galhofada de Justin Lin atende algumas das expectativas.

Me perdoem se estou errado, é a primeira vez que tenho contato com a história dos personagens, mas o grupo de criminosos automobilísticos – Dom (Vin Diesel), O’Conner (Paul Walker) e Mia (Jordana Brewster) – chega ao Rio de Janeiro (terra de ninguém?) fugindo e se escondendo da polícia americana pelos crimes anteriores cometidos naquele país. Cansados da vida fugitiva, estes senhores decidem realizar o clichê master dos filmes policiais, que é uma última operação para assaltar o chefe do crime no Rio Hernan Reis (Joaquim de Almeida), o qual não usa bancos para suas transações financeiras, todas as movimentações são em espécie.
Muito mais do que a última animação da Blue Sky, Fast Five reacendeu debates calorosos sobre os estereótipos brasileiros no exterior. Pelo fato de ter um brasileiro no comando, Rio era muito mais sutil e coerente na representação dos símbolos brasileiros que a maioria dos estrangeiros reconhece. Ao mesmo tempo em que, por exemplo, houve um certo cuidado na escolha de uma trilha sonora nacional não óbvia (mais ainda sim bem pop), houve total desleixo na escolha de elenco de apoio e na caracterização das paisagens. Não se espera o Rio de Janeiro perfeito e sem favelas do filme Bossa Nova, de Bruno Barreto, mas o mínimo do mínimo é ter personagens brasileiros que pelos menos saibam falar um português compreensível. O ápice da galhofada é perceber que o idioma falado pelos atores era algo tão longe do português que estes tiveram que ser dublados, vergonha alheia mode on.
Há, de fato, boas cenas de ação. Mas são poucas, talvez duas ou três, para um filme de mais de duas horas de duração, ponto positivo para os stunts onde o mínimo de CGI foi usado. Perseguições em carros possantes destruindo tudo por onde passam no estilo Michael Bay é sempre algo divertido de se assistir. Hum, a dose de vergonha alheia aumenta mais ainda quando há uma tentativa frustrada de criar um relacionamento mais íntimo entre os personagens, como laços de amizade e saudade entre os personagens protagonistas. Não sabia se ria ou se chorava ao ver canastrões como Vin Diesel e Jordana Brewster inseridos em situações dramáticas vergonhosas criadas pelo roteiro de Chris Morgan.
Poxa, eu não quero ver drama ruim nem tentativas fracassadas de criar laços entre os personagens. Fica risível, chato, esse não é o foco nem os envolvidos sabem como fazê-lo, como bem disse o Maurício Saldanha, do site Cabine Celular. Ou seja, Velozes e Furiosos 5 tem um potencial de divertir grande, mas este é abortado pela perda do foco.

Notas (numa escala de 0 a 5):

Imagem: 5

Som: 3

Geral: 2

*Imagens: Rotten Tomatoes

**Trailer:

Deixe um comentário, ou trackback para o seu site.

2 Comentários para “Crítica: Velozes e Furiosos 5 – Operação Rio, de Justin Lin”

  1. Célio disse:

    como assim,: Comenta ai, traça! ???

  2. YOSI SARID disse:

    NAO SENDO BRASILEIRO, ATE KE ESTE FILME PASSARIA, ,MAIS SENDO BRASILEIRO, E MESMO NAO MORAR E NEM CONHECER O RIO, FICA DIFICIL APESAR DE SER UM FILME DE ENTRETIMENTO, NAO OLHAR COM UM OLHO CRITICO, REALMENTE ,DOI TENTAR COMPREENDER AQUELE PORTUGUES, DA GRACA DE VER AKELES POSSANTES PELAS RUAS, PODE ATER SER UM FILME DIVERTIDO, MAIS SE TORNA SEM GRACA QUANDO SE NOTA QUE NADA DO QUE SERVERE AO RIO OU BRASIL E REAL,MAIS E NORMAL, O THE ROCK NA SELVA AMAZONICA TAMBEM ERA O MESMO,, E OS MERCENARIOS TAMBEM .
    E FIL,ME PARA AMERICANDO SE DIVERTIR, E SO

Comenta aí, traça!

Powered by WordPress | Free T-Mobile phones at BestInCellPhones.com. | Thanks to Verizon Wireless, Facebook Games and The diet solution