Análise: Hotaru no Haka

E aí, pessoas! Tudo certinho? Hoje quem dá a dica sou eu, ViviHotaru no Haka (Túmulo dos Vagalumes) é uma animação feita pelo estúdio Ghibli, baseada na obra de Akiyuki Nosaka.  As palavras “emocionante” e “chocante” descrevem muito bem a experiência de assistí-lo. Quer saber um pouco mais? É só clicar na imagem então.

Ficha Básica
Direção:
Isao Takahata
Ano: 1988
Gênero: Drama / Guerra
Duração: 93 minutos
Classificação indicativa: Não foi atribuída

———
– Todas
as cenas do filme são marca registrada de seus proprietários.

Deixe um comentário, ou trackback para o seu site.

8 Comentários para “Análise: Hotaru no Haka”

  1. Igor disse:

    Pensava que a tradução era que otários não poderiam ser hackers… hehe

  2. Flyfish disse:

    @Igor

    Credo.

    A Vi me passou esse filme para assistir uns meses atrás. Nossa, é muito bom mesmo! Ótima análise, Vi!

    Só acho que você pederia ter falado um pouquinho de como o orgulho dos japoneses é muito bem retratatado na animação.

    Outra coisa que eu achei muito interessante é a visão da guerra que eles mostram na animação. Enquanto na maioria dos filmes de guerra, você assiste sob a ótica de um soldado ou exército, no Hotaru no Haka você assiste pela visão de duas crianças japonesas querendo sobreviver à toda a miséria e destruição causada pelos bombardeios americanos. Muito bom mesmo!

    Recomendo até para aqueles que não gostam de “desenhos”. Hehe

  3. Raphael Redfield disse:

    Nossa fiquei até emocionado O.o
    Nossa eu amo de paixão tudo que vem do estúdio Ghibli, não teve um filme que eu não tenha gostado.
    1988 o ano que eu nasci, por isso eu não lembro hahahaha ( mas Tonari No Totoro, ai sim eu lembro ).
    To afim de ver as duas versões agora, Live action dá mais emoção as vzs.
    Uma coisa que eu não gosto de filmes japoneses, sempre começa calmo, depois vai e mostra a história, climax, e quando você esta esperando o fim, puff ele cai de paraquedas e você fica com cara de, Hey já acabou? Não sei o porque, mas no fim, parece que tem preguiça e explicam por explicar, isso me deixa um pouco fulo, mas mesmo assim são sempre boas animações.

  4. Manu Agra disse:

    Ah… fiquei com vontade de assistir!! Vivi tem como por o link pra download desse filme??

  5. Raphael Redfield disse:

    http://www.hinata-sou.org/paginas/index2.php?page=menulive.html

    Manu você pode nesse site, tem outros filmes tbm vale a pena conferir.

    Ps: A vi sumiu =P

    • Vivi disse:

      Ah, não sumi não… é que meu dia está meio complicado…
      Agradeço a visita de todos!!
      Manu, assista sim, você não vai se arrepender.
      Igor… sem comentários… 😛
      O que o Diego disse é realmente um diferencial do anime, o ponto de vista mostrado é totalmente diferente do que estamos acostumados e o relacionamento entre as pessoas é exatamente igual ao que o meu avô contava.
      Galera, quem não viu, deveria ver… 😉

  6. Fábio disse:

    Fiquei com vontade ver, vo dar uma procurada na locadora aqui perto, mas axo q vai ser difícil de encontrar. Ahh, muito boa a análise!

    PS: Vi um filme japonês bem legal nesse fim de semana, A Partida. Se puderem, vejam tb!

  7. Cabruske disse:

    Incrivel gostei muito do blog e das postagens que encontrei.
    Realmente pela analise feita dá vontade de ver o filme…

    Otimo blog.

Comenta aí, traça!

Powered by WordPress | Free T-Mobile phones at BestInCellPhones.com. | Thanks to Verizon Wireless, Facebook Games and The diet solution