Review: Invasão Secreta

Invasão Secreta

Originalmente publicada entre Junho de 2008 e Janeiro de 2009, Invasão Secreta traz os Skrulls de volta como os vilões, estes que já foram os protagonistas de uma das sagas mais conhecidas da Marvel, a Guerra Kree Skrull. Com o roteiro de Brian Michael Bendis que, além de criar os Novos Vingadores, também trabalhou no Homem – Aranha da linha Ultimate, e Leinil Yu que já havia trabalhando em títulos da linha Ultimate e desenvolvido capas para a Editora Marvel.

A qualidade da encadernação é muito boa, a melhor possível. O material utilizado foi dos melhores do mercado, tanto o das folhas, que são leves e resistentes, quanto o da capa que é resistente e muito bonita. Este é o formato padrão de encadernação que a Panini utiliza em todos os seus encadernados de luxo.

O prólogo da Saga foi muito bem planejado e executado, levantando suspeitas e deixando pontas soltas desde edições anteriores, culminando com o descobrimento da identidade secreta da Electra, que era uma Skrull disfarçada. Assim como o prólogo, a introdução da invasão é muito bem feita, isolando vingadores e Skrulls disfarçados de vingadores, em um ambiente selvagem e inóspito e instaurando assim um clima de desconfiança e insegurança digno de filmes de suspense. Porém, a qualidade narrativa acaba aí. O que antes era uma saga bem planejada acaba se tornando monótona e repetitiva, com excesso de sequências de ação e falta de desenvolvimento da trama, principalmente dos Skrulls, que são introduzidos como fanáticos religiosos de um império em declínio e terminam burros e desorganizados sem motivação aparente.

A parte artística deixa a desejar, a começar pela diagramação, com excesso de páginas duplas. O traçado sujo e a semelhança entre os personagem foi, acredito eu, proposital por ser uma característica do Leinil Yu e, para despertar no leitor dúvidas sobre a identidade dos personagens. A colorização não chama muita atenção e a diversidade das cores usadas é pequena, deixando a arte bem genérica. Invasão Secreta teve um dos melhores prólogo que eu já vi, fugindo de clichês e dando um tom de suspense à narrativa. Sua conclusão assemelha-se muita a de um filme e é de grande importância para a saga Reinado Sombrio, pois é nela que ocorre a introdução de Norman Osborn como chefe da segurança nacional.

Deixe um comentário, ou trackback para o seu site.

2 Comentários para “Review: Invasão Secreta”

  1. Pablo Leite disse:

    Muito boa resenha. Realmente é uma saga decepcionante, o desenhista está pouco inspirado assim como o Bendis. eu tinha a Saga em fascículos, como publicada originalmente, e até doei.

  2. Artmaycry disse:

    Até parece que os caras da marvel cortaram o salario deles , pois fica muito decepcionante

Comenta aí, traça!

Powered by WordPress | Free T-Mobile phones at BestInCellPhones.com. | Thanks to Verizon Wireless, Facebook Games and The diet solution